Páginas
Facebook
Categorias:

Um adversário respeitável

O Grêmio conheceu, domingo em sua arena, o tamanho da tarefa a cumprir em 2108, meta que não alcança desde 1996: o título do Brasileirão. O Atlético é considerado um clube médio, tem menos torcedores do que o Corinthians no Paraná, mas tem peito de manter litígio com a Globo, a quem não permite sequer fazer imagens em jogos na Baixada. E joga um futebol diferenciado, como jogam os times do técnico Fernando Diniz. Pois o Tricolor, com sua força máxima e um jogador a mais na fase decisiva do jogo, não conseguiu superar o Furacão, em uma ótima partida. Para compensar, amanhã tem moleza na Copa do Brasil, contra o maltratado Goiás.
Inter: o ano já acabou?

Está certo, ser eliminado pelo Vitória foi horrendo, arruinou o projeto que imaginei para o Inter: um bom dinheiro pela participação e uma vida longa na Copa do Brasil. Mas uma derrota contra o Palmeiras no Pacaembu, nas circunstâncias que a cercaram, é algo normal face ao desnível técnico e financeiro ora existente entre os clubes. A outra meta que imaginei vai além da mera sustentação na série A: com tempo para adaptação de Lucca e, especialmente, de Zeca, o time pode lutar por vaga na Libertadores. Precisa ter frieza, acreditar no trabalho e tocar em frente.

Árbitro de vídeo é para ontem

Afinal, há mais torcedores no estádio, ou em casa vendo pela tevê? Resposta fácil. Difícil é não se frustrar quando várias câmeras escancaram um erro de arbitragem, o telespectador flagra, a informação se espalha pela arquibancada e o árbitro é o último a saber. Quase sempre, um longo tempo depois de ter causado prejuízo, muitas vezes irremediável, a um dos contendores, à respectiva torcida e – não esqueçamos – à credibilidade da competição que disputam. A implantação de um sistema por vídeo, como forma de assessorar os que trabalham em campo, é para ontem. Ontem!

Datafolha: a dupla manda no Sul

A mesma pesquisa Datafolha divulgada sexta-feira, que mais uma vez coloca o Corinthians à frente dos clubes paranaenses em seu próprio estado, deixa claro: na região Sul, quem manda é a dupla gaúcha. O Grêmio tem 20% da preferência dos torcedores, o Inter 18% e apenas em terceiro lugar, com 12%, aparece o Corinthians. Este, aliás, na rica região Sudeste deixa o Flamengo lá atrás – são 19% contra 14%. No Norte e no Nordeste o Fla ganha longe; e em todo o Brasil, Grêmio e Inter empatam, com 3% cada um.

Pitacos

*** Clubes gaúchos: mal na série B e muito bem na série D.
*** A Rússia e seus fusos horários nos proporcionarão jogos da Copa entre 7h e 16h. Os primeiros do Brasil serão às 15h de um domingo (Suíça), às 9h de uma sexta (Costa Rica) e às 15h de uma quarta-feira (Sérvia).
*** Cássio, Grohe ou Vanderlei, quem será o terceiro goleiro na seleção? No momento, o corintiano está em vantagem.
*** Geromel? Basta manter o atual padrão que estará na Rússia.
*** Para Luan, acho que não vai dar tempo. E Arthur, bem, tempo esse tem de sobra, certamente disputará as copas de 2022, 2026 e o que mais vier.

Deixe uma resposta para % s

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *