Páginas
Facebook
Categorias:
O quinto gosto do acarajé

O quinto gosto do acarajé

Já escrevi sobre o Comitê Umami, que identifica um quinto gosto básico do paladar humano, descoberto em 1908 pelo cientista japonês Kikunae Ikeda. Recebo seguidamente receitas que ressaltam essa virtude, mas desta vez acertaram em um ponto fraco do colunista: acarajé.

Desde que a feijoada do Deville terminou, ficamos órfãos de uma delicia que era servida antes dela: preciosos acarajés, ao ponto exato de fritura, sequinhos, crocantes, uau! Tente reproduzir em casa, vai sobrar tempo neste feriadão.
E se mais o leitor quiser saber sobre o Umami, peça ao e-mail do blog que enviarei informações detalhadas: carlos@piresdemiranda.com.br.
_________________________________________________________

Acarajé
Por chef Lisiane Miura

www.tbfoto.com.br AJINOMOTO - SP/SP - 14/11/2012 Foto: Tadeu Brunelli ATENÇÃO: Toda foto deve ser publicada com o crédito do autor, na sua íntegra sem cortes ou modificações, de acordo com a Lei Nº 9.610 de 19/02/1998.

www.tbfoto.com.br
AJINOMOTO – SP/SP – 14/11/2012
Foto: Tadeu Brunelli
ATENÇÃO: Toda foto deve ser publicada com o crédito do autor, na sua íntegra sem cortes ou modificações, de acordo com a Lei Nº 9.610 de 19/02/1998.

Ingredientes:
500 g de feijão fradinho cru
1 cebola média cortada em pedaços
3 colheres (chá) de sal
2 vidros de azeite-de-dendê (400 ml)
3 pimentas malaguetas bem picadas
1/2 xícara (chá) de camarões secos, sem casca
1 xícara (chá) de azeite de dendê
2 cebolas médias picadas
1,5 colher (chá) de sal

Modo de preparar:

1. Na véspera, colocar feijão em uma tigela, cobrir com água e deixar de molho por no mínimo 14 horas.

2. Escorrer, esfregar os grãos entre as palmas das mãos, para que soltem as cascas.

3. Bater em liquidificador feijão e cebola, até obter uma massa homogênea. Transferir a uma tigela e temperar com o sal.

4. Em uma panela pequena, aquecer 400ml de azeite de dendê em fogo médio e, com o auxílio de duas colheres de sopa, moldar os acarajés.

5. Fritar aos poucos, até ficarem dourados (cerca de três minutos de cada lado). Escorrer em papel toalha e reservar.

6. No liquidificador, bater pimenta com metade dos camarões secos até que forme uma pasta homogênea. Reservar.

7. Aquecer azeite de dendê restante em uma panela pequena, e refogar cebola em fogo alto, por cerca de três minutos, ou até murchar. Acrescentar a mistura de camarões, os camarões inteiros restantes e temperar com o sal.

8. Misturar bem, retirar do fogo e esperar que esfrie.

9. Cortar cada acarajé ao meio, no sentido do comprimento. Rechear com molho e servir.

Deixe uma resposta para % s

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *