Páginas
Facebook
Categorias:
Visita à Serra no verão

Visita à Serra no verão

Sobrou o último final de semana das férias e tratamos de aproveitá-lo na Serra. Ficamos em um flat confortável junto ao Laje de Pedra, com diárias razoáveis e toda a estrutura do hotel disponível. Canela e Gramado sem muitos turistas, nada de ônibus à porta das atrações – tudo isso é bem o nosso estilo. Passear de bondinho aéreo com a visão da cascata do Caracol, sem fila alguma, foi o destaque da tarde de sexta-feira.
SCUR GRAMADO
Na chegada a Gramado tínhamos resolvido almoçar ainda com a bagagem na caminhonete. Precisando estacionar bem em frente a algum restaurante, caímos no desconhecido Scur, próximo ao Centro. Consta que à noite funciona como pizzaria, a aparência externa é boa, mas quanto ao bufê de almoço, esqueça. Esse prato da foto acima ficou assim, quase intocado; nosso filho comeu um pouquinho de arroz e feijão, eu tentei achar alguma salada apetitosa, provei um filé de salmão, não deu, saímos todos com fome.

Uma ótima experiência foi almoçar sábado no Empório Canela, pertinho da Catedral de Pedra. Prato kids bem pensado (R$ 32,00), estupendo filé de meca – esse peixão branco da foto, com risoto de camarões flambados na cachaça, ao suco de laranja e rúcula (R$ 69,90 ).
MECA - EMP CANELA

Para o colunista, um velho conhecido, aí na foto abaixo:
MAGNÓLIA
filé Magnólia, em crocante de castanhas, com risoto de maçã verde e Gorgonzola (R$ 64,90), uma bela ideia com deslize na execução – passou do ponto pedido, o que fiz questão de mostrar ao garçom, que prometeu registrar à cozinha. Conta, com água e gorjeta: justos R$ 188,32.

Noite de sábado, depois de 14 anos frequentando e elogiando o Di Pietro, em Gramado, tive a primeira decepção com o restaurante. Lá estavam os frios, os bufês de saladas, um tanto menos apetitosas do que antes, cinco saborosas sopas – de aipo, alho-poró, cappellettis – travessas de pães – e as boas sobremesas caseiras, como moranga em calda, pudim de leite, sagu. Alguém pode servir-se de tudo isso e pagar R$ 59,00. Ou, como era antes, pagar mais R$ 10,00 e servir-se também dos grelhados que quiser.

Tudo certo, até os grelhados: agora se pode escolher apenas um, uma massa, um molho e acabou. Picanha com spaghetti corresponde a duas minúsculas fatias de carne e uns 20 fios de massa. Se pedir filé, vira vexame: chegarão à mesa duas tiras menores do que um dedo indicador. Não ficou caro (com mineral e gorjeta, R$ 189,20), mas foi insuficiente até para a fome de uma criança (R$ 30,00).

Saímos de lá antes de 22h, não serviram mais do que três mesas nesse período. Baixa temporada, eu sei. Mas o Pasteleiro, em frente, estava lotado, assim como várias casas da Borges. Dá para entender?

Deixe uma resposta para % s

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *