Páginas
Facebook
Categorias:

Nome de lotar aeroporto…

Há tempos não havia por aqui uma contratação capaz de lotar o aeroporto com entusiasmados torcedores. Esta de Guerrero é uma delas. Trata-se de um cobiçado atacante, titular da seleção peruana, com alentado currículo de goleador. Nem por sonho se poderia imaginá-lo no Inter, eis que seu padrão salarial não foi suportado pelo poderoso Corinthians (há três anos), nem agora pelo milionário Flamengo. Como supor que viesse a trocar sua vida invejável, sua suntuosa cobertura da Barra, por uma vida menos, digamos, cosmopolita em Porto Alegre?

…Porém, de altíssimo risco

O que mais me espanta é que a direção colorada, nas atuais condições financeiras do clube, tenha viabilizado uma transação em tão altos valores. Como não há irresponsáveis envolvidos nela, estamos – sem ironia – frente a um milagre de engenhosidade. E se a torcida erguer Guerrero nos ombros aeroporto afora, deveria fazer o mesmo com o seu presidente. O lado ruim? O risco de ser revigorada a punição por doping. Mais: um atleta com 34 anos e meio, jogando como centroavante, poderá render em alto nível por mais três temporadas? Duvido, tomara que sim.

Tudo pode dar certo

É verdade que o Vitória ultimamente é sinônimo de derrota. Mas os números são indesmentíveis: os resultados positivos obtidos pelo time reserva alçaram o Grêmio ao G-4, mantêm os titulares descansados e prontos para desafios maiores. Não fiquei otimista com o empate em casa pela Copa do Brasil. Fiquei agora, duas semanas depois, com o potencial que o elenco vem demonstrando nas mãos de Renato. Este vem agindo certinho, pensando adiante – as competições seguem até o final do ano –, está vivo em tudo o que disputa. E pode confirmar amanhã no Maracanã.

Os gaúchos no Brasileiro

Na série A, Grêmio e Inter encerram o primeiro turno disputando ponto a ponto a terceira posição. No jogo de dois campeões estaduais, o Tricolor entra sábado na majestosa Arena Corinthians como favorito. O Colorado, mais favorito ainda, espera o Paraná na manhã de domingo. Na série B, o Ju ainda sonha em subir, desde que comece uma campanha exemplar até o final. Mais provável é que, como o Xavante, consiga apenas se garantir fora da Z-4. Ah, torci demais para o Ypiranga, na goleada de 5 a 1 sobre o Tupy. Aonde levou? Ao mesmo lugar: permanece na série C.

Pitacos
E pensar que esse timezinho do Vitória eliminou o Inter da milionária Copa do Brasil. Se fosse hoje…

*** Encontro o Gonzaga: “Lembra quando Paolo Guerrero jurava que, no Brasil, só jogaria no Corinthians?” Lembro, futebol é dinâmico.

*** Diego Aguirre, que campanha espetacular faz com o São Paulo! Para o Inter, não serviu.

*** Claudinei Oliveira assumiu o Sport e o conduziu à vice-liderança do Brasileirão. Veio a Copa e, na volta, acumulou derrotas, chegou a dois pontos da Z-4 e domingo pediu demissão.

*** Santos, que vergonha! Contratou Cuca, paga ao técnico uma fortuna e ainda não venceu. Pior: não sai da Z-4.

*** A propósito, que fase do Grêmio, também fora do campo: Everton e Kannemann estão prontos a renovar seus contratos.

Deixe uma resposta para % s

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *